Poesia – Ensaio

Eu não sei fazer Ensaio

Ensaio um som

Um ar crítico

Finjo que sei

O que não tenho certeza

Se é de todo lícito

Eu opino

Um fino fio torto de alguma revolução

Uma visão

Um olhar

Mas será?

Será que digo algo importante

Seta que vejo

Ou sou apenas um lampejo

Um

Isto é um ensaio?

Não, não

Isto não é um ensaio

Isto só é um ensaio

Vocabulário, são verbetes do meu próprio dicionário

Mas se o dicionário

Me é próprio

Não me parece lógico

Tecer palavras para um idioma alheio

Eu ensaio

Mas o ensaio

A que veio?

Tropeço nos meus próprios argumentos e

Caio

Um Ponto cego

Não nego

O resvalo o poeta que ensaia

Saia

Ciranda

Dança

Roda

Roda roda.

Soldado fraco das ideias

Pilhérias de um condenado

Ao julgamento

Do próprio pensamento

Opinião:

Uma visão

Isto só é um ensaio da minha visão

Verdade, não

Ver, dá de não

--

--

--

🥰Escritora✒️, cirurgiã 🔪mãe👻,em relacionamento sério com as palavras. Autora dos livros Vida Nada Moderna e Retratos da quarentena. www.izabellacristo.com

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Izabella Cristo

Izabella Cristo

🥰Escritora✒️, cirurgiã 🔪mãe👻,em relacionamento sério com as palavras. Autora dos livros Vida Nada Moderna e Retratos da quarentena. www.izabellacristo.com

More from Medium

Quindici Novembre

I Choose Hope By Melissa Tallardy

Now don’t be harsh on the judgements when reading these words.

Death and Drugs